Publicidade

Arquivo da Categoria MET BALL

terça-feira, 7 de maio de 2013 MET BALL | 19:16

Top 10 do Met Ball 2013… dos piores?

Compartilhe: Twitter

Punk Madonna!

O Met Ball 2013 é um dos bailes da moda mais esperados do ano, por fashionistas do mundo inteiro e nesse ano resolveu homenagear o universo punk, com a abertura da exposição ‘Punk: Chaos to Couture’.
Uma profusão de celebridades, jornalistas, fasnionistas e modelos fizeram suas famosas poses frente ao batalhão de flashs e jornalistas, que se expremiam para conseguir a melhor pose dos convidados; que convenhamos, não estavam nada bem vestidos.
A gente tentou salvar algumas pessoas para a luz da moda, fazendo esse top 10 com as principais modelos que cruzaram o tapete vermelho do aguardado evento, mas sem sucesso algum…
Vem se divertir com a gente!

A bordo de um maravilhoso vestido assinado pelo estislita queridinho da vez, o belga Anthony Vaccarello, Gisele Bündchen foi incumbida de ser uma das últimas a cruzar o tapete vermelho do Met Ball, nada menos que Anna Wintour recomendou tal fato.
Se o tema era punk, a top das tops deixou suas belas pernas de fora e quase revelou tudo com tamanha fenda formada por ilhoses, que para os olhos mais atentos, perceberam a micro calcinha que acompanha os polêmicos vestidos de Vaccarello.
A bela trocou o sinal da paz, sua marca registrada para ser fotografada com o famoso chifrinho, eterno sinal da turma punk.

Parece que Anthony Vaccarello realmente fez a alegria da mulherada nessa edição do Met Ball.
A top top Anja Rubik, que na última edição causou tamanho furor com uma fenda gigantesca, nesse ano resolveu não trocar de estilista, mas investiu em um bom vestido de couro vemelho, caprichando no carão a la Debbie Harry, a bordo de um vestido assinado por Anthony Vaccarello.

Não basta ser a modelo número um do mundo na atualidade, a top top Joan Smalls caprichou no look, ao vestir uma bela criação do estilista texano Tom Ford, que não só vestiu Joan, mas como também a acompanhou no concorrido tapete vermelho.
Sem dúvidas, a modelo é uma das mais bem vestidas da noite americana, atraindo vários olhares para seu vestido negro rendado, que deixava partes de seu corpo a mostra.

A top Constance Jablonski até tentou, mas o o modelo da grife Wes Gordon a deixou mais parecida com a estatueta do Oscar depois da guerra. Infelizmente só o belga Vacarello consegue ousar nas fendas e ainda deixar as mulhers lindas.

Até Heidi Klum, que sempre faz aparições mirabolantes em suas festas de halloween, dessa fez deixou de fazer bonito em pleno baile de gala, com um look da grife Marchesa, que deixou a top com a aparencia engessada e sem graça.

Parace que a top top Miranda Kerr saiu de uma das novelas do autor Gilberto Braga; para ser mais específico, a angel da Victoria’s Secret se inspirou em um dos looks de Bebel, personagem que Camila Pitanga brilhantemente deu vida em Paraiso Tropical.
O pretinho nada básico assinado por Michael Kors não foi nada bacana para um tapete vermelho do porte do Met Ball… vai entender!

Karolina Kurkova vai aguardar minha crítica para sempre… o que falar? Alguém? Ah, o vestido é assinado por Mary Katrantzou… né?! Isso que da querer usar todas as tendências juntas…

Não consigo entender o que a Coco Rocha quis dizer com esse look oncinha, mas uma coisa é certa… ta feio; não, melhor, ta toda cagada de pombos africanos.

Karlie Kloss, eu te amo, você é linda, fofa, talentosa… mas… esse Louis Vuitton não lhe caiu bem… ta com cara de titia em casamento de prima distante. Nem a tentativa de escurecer os cabelos para dar um ar de punk deu certo. Passa lá no Marcos Proença depois amiga!

Pra fechar com chave de ouro, a estilista Diane von Furstenberg resolveu fazer uma homenagem ao punk brasileiro e foi vestida e caracterizada de Alcione, nossa eterna marrom… que lindo né? Só que não!
Só para resumir esse top 10… cade o glamour de um baile de gala desse porte?
Beijos, vou na 25 de março!

Foto: Reprodução

Autor: Tags: